História

O ministério BGFM começou em 1939, em Sobral, Ceará. A Missão foi oficialmente organizada em 1945 no Estado de Illinois, EUA, em 1955. Nos anos 40 e 50, a obra missionária no Brasil era difícil devido à oposição religiosa e acesso pelas estradas. No entanto, durante esses anos, um bom número pessoas se converteram pelo evangelho e pequenas igrejas foram estabelecidas, juntamente com escolas especiais de treinamento para homens e mulheres.  

1960-1979 - As sementes plantadas naqueles primeiros anos começaram a florescer. Um bom número de novos missionários se juntou àqueles que estavam envolvidos no plantio inicial.  Novas igrejas foram estabelecidas, juntamente com vários ministérios especiais (Rádio, Cinema, Educação Teológica por Extensão, Acampamento Bíblico e Instituto Bíblico). Com o resultado dos treinamentos, a liderança brasileira cresceu em todas as áreas ministeriais. Uma Associação de Igrejas foi estabelecida provendo comunhão das igrejas para planejar e estabelecer metas juntas, como enviar missionários brasileiros para novas áreas no Brasil.

1980-1999 - Trabalhar ao lado de irmãos e irmãs brasileiros proporcionou uma nova ênfase no ministério. A liderança dos ministérios e igrejas locais passou das mãos  dos missionários americanos para os brasileiros. Muitos dos ministérios especiais agora incluíam brasileiros em cargos ou funções importantes. No início dos anos 80, a BGFM e outra missão iniciaram a administração conjunta do Seminário e Instituto Bíblico Maranata (SIBIMA). Esta escola teve um papel vital na formação de líderes, muitos dos quais estão agora servindo como pastores em nossas igrejas. Tanto missionários americanos como brasileiros estão envolvidos no ensino mais aprofundado das Escrituras. Escolas de ensino cristãs foram iniciadas, com isso proporcionando excelentes oportunidades para evangelismo e treinamento. O milênio terminou com muitos dos objetivos da BGFM realizados, especialmente em relação ao estabelecimento de igrejas nacionais.  

2000 até os dias atuais -   O que temos agora? O que vem a seguir?
Somos gratos que atualmente existem mais de 70 igrejas nacionais estabelecidas com pastores brasileiros. Essas igrejas estão encarregadas para espalhar o Evangelho e estão apoiando missionários brasileiros que servem em áreas rurais e cidades em vários locais em todo o Brasil. Recentemente, suas visões se concentraram em missões estrangeiras. Em 2007, formaram uma nova organização missionária para enviar brasileiros para outros países. As conferências de missões são partes importantes dos cronogramas anuais das igrejas, seminários e institutos bíblicos. O processo de evangelização e treinamento de liderança continua sendo uma parte vital das igrejas brasileiras. Em II Timóteo 2.2, a Palavra de Deus nos encoraja a treinar homens fiéis para que eles, por sua vez, treinem outros. A gratidão flui dos nossos lábios quando percebemos que Deus permitiu que os missionários da BGFM tivessem uma parte em Seu maravilhoso plano de edificar Sua Igreja. Ministérios especiais sempre foram vitais para o objetivo geral da BGFM. Os ministérios estabelecidos nos anos anteriores continuam e têm experimentado um crescimento constante. Em 2007, o Seminário (SIBIMA) foi completamente entregue à propriedade e liderança brasileiras. Em 2008, um novo campo no sul do Brasil foi inaugurado. Vários missionários estrangeiros e do Brasil estão se unindo para ministrar nessa região. Em 2018 inauguramos o projeto de plantação de igrejas no Estado de Sergipe.

 

Em 2018 também iniciamos o projeto Além Brasil com o intuito de levar missionários brasileiros a atuarem na obra missionária além das fronteiras do nosso país. O primeiro país a ser beneficiado com essa 

Deus abençoou ricamente a BGFM com 65 missionários em nossos campos no Brasil. Atualmente ministramos nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Bahia, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e, a nível internacional, já estamos no campo de Portugal. Juntamente com nossos irmãos em Cristo do Brasil, estamos alcançando os brasileiros e os portugueses com a mensagem do Evangelho.